Skip to content

Grêmio é pentacampeão da Copa do Brasil e acaba com jejum de 15 anos

25/01/2017
gremio

Grêmio conquista o quinto título da Copa do Brasil (Foto: Divulgação/Gremio.net)

James Mello Rodrigues
jamesmello@outlook.com

O dia sete de dezembro de 2016 ficará marcado na história de todos os gremistas. A partida entre o Grêmio e Atlético-Mineiro, realizada na Arena do Tricolor, terminou empatada em 1 a 1, porém encerrou o jejum de quinze anos sem título do time gaúcho.

Antes da partida, uma bela homenagem aos atletas, comissão técnica e jornalistas mortos no voo da Chapecoense. Este foi o primeiro jogo com times da série A brasileira após o acidente aéreo. Com a bola rolando, o Atlético pressionou a saída de bola e partiu para o ataque, afinal precisava descontar a diferença de dois gols obtida pelo Grêmio na primeira partida.

No entanto, o Galo só teve uma oportunidade em uma cabeçada do meio-campista Júnior Urso que passou por cima do gol. A defesa gremista comandada por Pedro Geromel jogava com tranquilidade e soube suportar bem a pressão inicial dos mineiros.

Passados quinze minutos da primeira etapa, o Grêmio se encontrou em campo e começou a explorar os contra-ataques rápidos. A disputa se deu, na maior parte do tempo, no meio-de-campo. Contudo, no final do primeiro tempo, Douglas deu um passe magistral para Éverton que invadiu a área mineira e chutou na saída do goleiro Victor, que fez uma grande defesa. Foi a melhor chance de toda a primeira etapa.

No segundo tempo, o jogo continuou bem disputado. Porém, com uma leve vantagem do Grêmio que procurou manter uma maior posse de bola e, em determinados momentos, avançou a marcação pressionando a saída de bola do adversário. O jogo continuou no mesmo ritmo do primeiro tempo, nem mesmo a entrada de Cazares no Atlético tornou o time mineiro mais efetivo.

Quando o jogo parecia praticamente definido, aos 42 minutos Geromel deu um chutão afastando a bola da área gremista, Bolaños, que havia entrado a pouco, dominou a bola próximo à linha lateral, passou para Luan, que avançava pelo meio, o atacante gremista abriu para Éverton que corria pelo outro lado. O atacante gremista driblou o zagueiro e cruzou na pequena área. A zaga do Galo bateu cabeça e Bolaños, oportunista, só teve o trabalho de empurrar a bola para o gol. A maior contratação do Grêmio no ano e que ainda não havia mostrado a que veio, marcou o gol do título.

Aos 46 minutos de jogo, uma pintura de gol. Cazares chutou antes do meio-de-campo e pegou o goleiro Marcelo Grohe, que havia acabado de cobrar uma falta, fora do gol. Arriscou e acertou. Golaço! Ainda houve tempo para uma discussão entre os jogadores. A bola ainda rolou, mas não havia tempo para mais nada. O jejum de quinze anos sem títulos havia acabado.

O Grêmio é o time que mais vezes conquistou a Copa do Brasil, cinco vezes. Foi o início da festa que ganhou as ruas de Porto Alegre. Com o título, o Tricolor ganha acesso a fase de grupos da Libertadores e ânimo renovado para a competição.

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: