Skip to content

Ginástica praticada ao ar livre

13/07/2011

Turma de praticantes da ginástica chinesa na Redenção. Crédito: Divulgação

Wesley Borges
bart_jvn@hotmail.com

Alguns dias pela manhã é comum ver um grupo de pessoas praticando ginástica no Parque da Redenção. Mais precisamente no Espaço Oriental temos a prática da ginástica Lian Gong, também conhecida por ginástica chinesa.

A ginástica Lian Gong, que se pronuncia “liam cum”, foi desenvolvida na China, pelo Dr. Zhuang Yuen Ming, um conhecido médico ortopedista da tradicional medicina chinesa na década de 1960. O Dr. Zhuang notou que a partir dos anos 60 o número de casos de dores musculares e articulares em seus pacientes havia aumentado consideravelmente. Acredita-se que isso aconteceu devido à mudança na situação econômica da China que deixava de ser uma sociedade agrícola para ser uma sociedade industrial acarretando uma mudança na postura corporal. Baseando-se no Tui Na, milenar arte fisioterápica chinesa, e na tradição dos trabalhos corporais chineses, o Dr. Zhuang criou um conjunto de 18 exercícios que atuassem no corpo humano Exercícios que vão desde a coluna cervical até os dedos dos pés.

O benefício para a saúde

A ginástica chinesa atua basicamente nas articulações, pois um dos seus objetivos é o de remover as dores articulares. Ela funciona estimulando a circulação do Chi, que é a energia corporal para o chinês, e ao fazer isso estimula a circulação sanguínea fazendo com que nesse processo haja um desbloqueio das articulações, como relata Jarbas da Silva Araújo, professor de educação física. Existe uma melhora em pessoas que tem hérnia de disco, bursite, tendinite, inclusive também na parte respiratória, pois um dos princípios básicos dos exercícios é o trabalho da respiração: “movimenta cada músculo do corpo, parece que não fica nenhum músculo sem se movimentar durante a prática da ginástica chinesa”, disse a dona de casa Adriana Costa, moradora do bairro Bom Fim, que conheceu o grupo de praticantes da ginástica um dia quando caminhava pelo parque. A aposentada Maria Terezinha Braga, praticante da ginástica há vários anos, disse que teve uma ruptura no seu joelho e o médico recomendou que fosse feita uma operação. Ela ignorou a recomendação do médico e seguiu praticando a sua ginástica matinal, acreditando que ia melhorar: “fazem dois anos que aconteceu e eu nunca tomei remédio e nem nada. Não sinto dor nenhuma mais”

A ginástica chinesa é praticada com o professor Jarbas da Silva Araújo todas as terças e quintas, das 8h30 às 10h, no Espaço Oriental do Parque da Redenção. Para participar não precisa se inscrever, basta se juntar ao grupo.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: